Ministro Carlos Átila, personalidade importante na história da Rede SARAH

Ministro do Tribunal de Contas da União participou da elaboração da base administrativa que sustenta a Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação: o Contrato de Gestão.

Ao redigir a lei, inédita no Brasil, e atuar incansavelmente para sua aprovação, tornou viável o projeto do amigo e idealizador da Rede SARAH, Aloysio Campos da Paz Júnior, a quem diria: "Quer fazer uma lei nova, uma lei que até hoje não existe? Então não chame um advogado".1

Na lei, aprovada por maioria absoluta no Congresso Nacional, estavam os princípios fundamentais do projeto. Entre eles: tempo integral, dedicação exclusiva e salários fixos aos colaboradores.

"Foi um homem fundamental na história da Rede SARAH. Ele teve a ideia de trazer para o Brasil o primeiro contrato de gestão, objetivando melhorar a administração de recursos públicos no país. A Rede SARAH foi criada por este primeiro contrato, viabilizado por uma lei redigida por Carlos Átila e aprovada pelo Congresso Nacional", palavras da Presidente Dra. Lúcia W. Braga.

Presidente do Conselho de Administração da Rede SARAH por oito anos e membro deste mesmo Conselho por diversos mandatos foi, na realidade, um parceiro vitalício.

Hoje atendemos 1,7 milhão de pacientes graças à ideia desse brilhante cérebro. A ele todo nosso agradecimento.

1 CAMPOS DA PAZ Jr., Aloysio. A Lei. In: CAMPOS DA PAZ Jr., Aloysio. Percorrendo memórias. Brasília: Sarah Letras, 2010. p. 175- 181.