Xingu - Tradição e Modernidade - Brasília

No dia 19 de novembro de 2015, a Rede Sarah de Hospitais abriu a exposição Xingu, Tradição e Modernidade de fotografias de Rosa Berardo. A artista esteve presente na abertura, recebeu amigos do Sarah, pacientes e funcionários.

Fotógrafa e cineasta, Rosa viajou por vários países do mundo, desde a Ásia à Antártida, e fotografou ainda regiões como a Amazônia, Pantanal e o folclore no Centro Oeste Brasileiro. Durante seis anos, fotografou os índios do Parque Nacional do Xingu, e possui um dos maiores acervos sobre as etnias que vivem neste parque.

A mostra já percorreu centros culturais de referência e festivais pelo mundo, recebeu prêmios, foi apresentada no Memorial Indígena de Brasilia e, agora, temos o prazer de recebê-la por três meses no Sarah Centro, em Brasília, de onde seguirá para as demais Unidades da Rede localizadas nas diferentes regiões do país.

"Num exercício solitário, voltei meu olhar para outros lados, esqueci os rituais e comecei a ver detalhes do dia a dia, da cultura, do comportamento dos índios. Tudo me sensibilizava muito; as diferenças culturais e físicas, os valores..." Rosa Berardo

"Pensar que pessoas geneticamente semelhantes podem viver de maneiras tão diferentes e serem felizes seguindo seus princípios, suas crenças, seus valores culturais. Acho que pela primeira vez entendi que não era o centro do mundo e nem o modelo de comportamento para conduzi-lo." Rosa Berardo

"E no Xingu a cada dia eu me dava conta da infinidade de detalhes, riquezas culturais que a pobreza dos enquadramentos não conseguiam abarcar. Sem megalomanias tentei fazer o que pude, dentro dos limites do quadro fotográfico e dos meus..." Rosa Berardo

 

Correio Braziliense - 20/11/2015